ENTENDER O MUNDO/ATUALIDADES
O que é insônia
DEZEMBRO 2016
 
 
Conheça
#FFFFFF
    ARTIGO      
 O QUE É INSÔNIA
Imprimir Enviar Guardar
 
Insônia é qualquer grau da falta de sono durante as horas em que a maioria das pessoas geralmente dorme. Também conhecida como agripnia, é uma espécie de perturbação do sono ou a falta de sono adequado.

O insone é aquele que tem dificuldade de adormecer ou de manter o sono de maneira regular durante as noites por um período maior que o de um mês, independente de problemas de ordem física e sem a utilização de substâncias capazes de provocar o sono.

As causas da insônia podem ser variadas. Ela pode resultar da falta de ar motivada por problemas respiratórios, pelo aquecimento excessivo do quarto de dormir, por excesso ou falta de cobertores ou roupas, por estar com o estômago cheio demais ou vazio, por se ter tomado café ou outros estimulantes em excesso, ou por algum tipo de preocupação.

A freqüente falta de sono pode ter uma causa física ou emocional. Dificuldades na vida familiar ou no trabalho podem desembocar em um quadro de insônia.

Nos casos em que não há causa emocional aparente o melhor a se fazer e recorrer à psicoterapia.

Às vezes, antes de deitar, uma massagem leve ou o autocontrole da respiração podem induzir a pessoa a um estado mental e corporal que geram o sono. Um copo de leite quente ou um banho quente também podem ajudar bastante.

Segundo o Instituto do Sono, de São Paulo, “a insônia é a ponta de um enorme iceberg. Na realidade, a insônia é um sintoma e deve ser analisada sob três aspectos: físico, psicológico e social”. Portanto, geralmente é o conjunto de fatores que provocam dificuldades para dormir, sem falar na predisposição para se ter insônia. Freqüentemente quem sofre de insônia tem familiares com o mesmo problema.

Segundo a Sociedade Brasileira do Sono, há alguns procedimentos que ajudam a criar uma espécie de “higiene do sono”. São eles:

1. Procure deitar e se levantar em horários regulares todas as noites.

2. Vá para a cama somente quando estiver com sono.

3. Não use a cama para leitura, ver televisão ou alimentar-se; prefira a sala ou outro ambiente. A cama deve estar relacionada com o ato de dormir.

4. Evite ficar na cama sem dormir. Se necessário levante e faça uma atividade calma até ficar sonolento novamente. Ficar rolando na cama de um lado para o outro gera estresse e piora a insônia.

5. Estabeleça um ritual de relaxamento antes de se deitar, como tomar um banho quente e diminuir a luminosidade do quarto enquanto se prepara para deitar.

6. Evite uso de álcool e de cafeína pelo menos seis horas antes do seu horário de dormir.

7. Não se alimente próximo ao horário de dormir;

8. Evite cochilos durante o dia; eles atrapalham seu sono à noite.

9. Procure se ocupar durante o dia, evitando o ócio.

10. Faça atividades físicas regularmente, porém evite exercícios fortes no final do dia. Prefira os períodos da manhã ou almoço. No final do dia, os exercícios precisam ser mais leves, como alongamento ou caminhadas, e pelo menos quatro horas antes de dormir.

No site da Clínica do Sono (http://www.sono.com.br), uma instituição especializada em problemas relacionados ao sono, você pode medir sua sonolência e descobrir se tem alguma tendência à insônia ou não.

O bom sono está diretamente relacionado com uma vida saudável. O sono, como muitos podem acreditar, não é uma função (como é a digestão), mas um estado da vida (como quando fazemos exercícios) com inúmeras funções, muitas das quais relacionadas à conservação de energia. Tais funções são muito importantes tanto para a nossa saúde física quanto mental.